Sua atenção vale mais que um elogio

Elogiar uma criança traz sempre uma sensação positiva, não é? Mas qual está sendo a qualidade desse elogio? A força do hábito nos leva muitas vezes a um elogio automatizado ou exagerado, ou até carregado de segundas intenções. E quais são as consequências na criança de se acostumar a ouvir um elogio a cada mínimo êxito?

Num elogio automatizado, como o da ilustração, adulto e criança perdem uma boa oportunidade de dialogar, de fortalecer o vínculo. Além disso, em termos de habilidades,  a criança também perde a chance de ampliar vocabulário, retórica, etc.

O elogio super entusiasmado para aquele brinquedo que a criança já montou mil vezes, lhe deixa sem opções para ressaltar  um feito extraordinário em outra ocasião. Além disso, se a criança já consegue perceber que é um elogio exagerado, ela pode até se ofender. Como você se sentiria se alguém lhe desse os parabéns porque você ligou seu computador sozinho hoje de manhã?

O famoso reforço positivo seria o que chamo de elogio com segundas intenções. Se meu filho já sabe escovar os dentes e o elogio cada vez que ele faz isso,  não estou verdadeiramente elogiando uma conquista, mas tenho o desejo de que fique feliz com o aplauso e queira repetir o comportamento no dia seguinte. Outro exemplo cotidiano é de elogiar ao invés de simplesmente agradecer. Se ele leva o prato da mesa até a cozinha o que cabe é um agradecimento como faríamos com um adulto e não um elogio. O reforço positivo é uma manipulação bem intencionada, mas uma manipulação. E as crianças não precisam nem merecem isso.

Montessori alerta para o efeito mais nocivo do elogio exagerado e frequente que é o de condicionar a criança a esse estímulo externo.  Aos poucos isso abafa a auto-realização, a auto-motivação e até a auto-confiança. A criança passa a fazer qualquer coisa esperando uma aprovação do adulto.

Não é que seja ruim o elogio, mas melhor que elogiar é demonstrar para seu filho que ele tem sua atenção. Você pode demonstrar isso com um simples sorriso ou perguntas. Também é legal substituir o elogio genérico  (muito bem!, parabéns!) pelo reconhecimento do esforço (vi que você se dedicou em tal coisa e olha o resultado).

Tentamos seguir isso aqui em casa, mas muitas vezes o hábito ainda nos pega desprevenidos e quando nos damos conta o elogio vazio já foi feito. Fica aqui nosso lembrete.

4 comentários sobre “Sua atenção vale mais que um elogio

  1. Gente, sensacional. Nunca havia pensado nessa possibilidade, que o excesso de elogio tem uma segunda intenção E uma certa manipulação sobre as crianças. Sobretudo os danos que podemos causar ao acostumamos uma criança a ter a necessidade de aprovação. Obrigada pela reflexão!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s