Como isso funciona?

meme15

Os bebês criam hipóteses sobre o que acontece no mundo e tentam confirmá-las. Esse é um dos motivos pelos quais se um bebê está sentado num cadeirão de um restaurante ela é capaz de derrubar uma colher fazendo um barulhão. Aí, ou o pai ou a mãe vai pôr a colher de volta no cadeirão e dizer: “não jogue a colher!”. Logo em seguida o bebê joga a colher no chão de novo só pra ver se faz aquele barulhão. Os bebês estão ocupados tentando entender o quanto o mundo é previsível.

Filme O Começo da Vida (para assistir ao trecho clique aqui)

Por incrível que pareça eles não fazem para nos provocar e sim para descobrir o mundo. Nem que seja para descobrir a reação da mãe/do pai diante da sua ação. Com isso não quero dizer que os pais precisam pegar a colher toda vez que a criança a joga no chão, apenas é o motivo pelo qual não se zangar com seu filho.


Ilustração: Crescer sem violência

A #qlq irá continuar, porém em outro formato por um tempo. Aguardem novidades em breve!

 

Ensinar ensinando, não corrigindo.

maec-20160921

O lembrete de hoje é sobre a diferença entre ensinar e corrigir. A criança está ávida por aprender, mas ser corrigida o tempo todo é muito chato tanto para adultos quanto para crianças.

A criança está sempre fechando a porta com força e fazendo um barulhão. Calma, não precisa corrigir no momento. Espere, respire. Em outro momento, sem mencionar o erro, com alegria e empolgação, ensine a criança a fechar a porta devagar. Faça em várias portas da casa, faça várias vezes, transforme o aprendizado em algo agradável para ambos.

Leia mais »

Lista de compras visual


Cartões com fotos de frutas e verdura são nossa lista de compras. Primeiro tento comprar tudo que preciso nas outras sessões com Isa na cadeira do carrinho e depois coloco ela no chão e vou entregando os cartões. Aproveito pra contar em voz alta a medida que vamos colocando no saco. Ela adora.


Só não pode fazer como essa mãe aqui que levou os cartões e esqueceu de levar o lanche da criança. O que me salvou foi uma desgustação que estava rolando no mercado.

Para fazer o download do arquivo com as fotos usadas nos cartões clique aqui.

 

Dicas de livros para bebês


Dicas de livros para bebês.

– “Da cabeça os pés” de Eric Carle

– Toda a série “Rostinho do Bebê”

São livros lindos e que seguem a orientação de Montessori de apresentar para a criança menor de 6 anos apenas o mundo real. Histórias e imagens fantasiosas antes dessa idade é um desserviço para a criança que ainda está aprendendo sobre o mundo real. A fantasia ela própria construirá depois.

O livro da cabeça aos pés é um hit aqui em casa desde os 18 meses. Muito legal a dinâmica que ele proporciona.

Os outros dois recomendo pra crianças a partir de uns 9, 10 meses que já tenham mais interesse em ver a figura do que “comer” o livro ;).

Todos têm as paginas grossas que facilita o uso pelo próprio bebê e não estragam facilmente.

Bônus: todos três estão com desconto na Saraiva (não ganho nada com isso, mas acabei de ver e achei que deveria compartilhar)

Quem é consumista?

maec-20160914

Crianças consumistas são um reflexo da nossa sociedade de consumo. Acho que todo mundo concorda com isso. O que quero refletir hoje é como nós pais podemos adiar um pouco a entrada de nossas crianças nesse padrão mercadológico para que já tenham um pouco mais de consciência sobre as opções que estão fazendo. Involuntariamente temos tomado decisões por eles que levam a essa participação precoce do consumo. Veja algumas delas na postagem de hoje.Leia mais »