Quartos de Isa e Vicente

Já tem mais de 3 meses que nos mudamos e os quartos das crianças ainda não estão prontos, mas compartilho com vocês como está até agora com esses dois vídeos abaixo.

Esse é o quarto de Isa, que está atualmente com 23 meses. O quarto como está agora está apropriado para uma criança entre 18 meses e 5 anos.

Temos no quarto atualmente:

  • Espelho na vertical (o nosso é em acrílico)
  • Mural de fotos da família (impresso em painel isopor)
  • Cama baixa (mandamos fazer essa num marceneiro)
  • Tapete para área de atividade em algodão
  • Quadros na altura da criança (essa imagens são rotativas)
  • Cadeira baixa para ajudar a se vestir
  • Livros (poucos e rotativos) na altura da criança
  • Cores neutras e ambiente tranquilo para descansar

O que eu ainda quero fazer:

  • Um cabideiro para colocar 2 opções de roupa
  • Um cesto com itens de cuidado pessoal (escova de cabelo, lenço, etc)
  • Estante pequena para alguns brinquedos (Aqui em casa já temos brinquedos na sala e no escritório)

 

Esse é o quarto de Vicente, que está atualmente com 6 meses, mas quando eu filmei ele tinha 3 e ainda usava o Moisés em cima do colchão.

Temos no quarto atualmente:

  • Cesto com materiais ao alcance
  • Arte na altura do bebê
  • Espelho na horizontal
  • Tapete para área de atividade em algodão
  • Colchão no chão
  • Cores neutras e ambiente tranquilo para descansar

O que eu ainda quero fazer:

  • Barra para o bebê se apoiar e levantar

3 comentários sobre “Quartos de Isa e Vicente

  1. Ola Marina, tudo bem? Adorando seu blog.
    Me diz uma coisa, vc nao teve receio que ele “saisse andando” pelo quarto no escuro e eventualmente bater numa comoda, armario…como vc fez? Colocou almofadas? Nao ha perigo de sufocamento assim?
    Farei quarto da minha filha assim mas confesso que to super apreensiva. E nao tenho nenhuma amiga que tenha feito para trocar figurinhas.
    Desde ja, obrigada

    Curtir

    • Natasha, que bom que está gostando.
      Sobre o lance do acordar. Normalmente a criança que acorda no escuro não se levanta, chama pela mãe. Eu coloco aquela luz noturna que dá uma iluminação sutil no quarto.
      Sobre as almofadas. Eu preferia não colocar justamente por causa do risco de sufocamento, mas meu marido insistia em colocar aqueles travesseirões na borda do colchão. O criança pequena se mexe bastante e acabam eventualmente saindo do colchão. Mesmo assim, eu preferia não colocar, porque rolar pra fora da cama não é um risco é só um incomodo, mas meu marido insistia e fomos chegando num acordo.
      Em cada casa a família vai fazendo seus ajustes necessários. E isso é muito bacana.
      Sinta-se a vontade de trocar figurinhas aqui. 🙂
      Um abraço,
      Marina

      Curtir

  2. Puxa, obrigada pelos esclarecimentos. É, se pensar assim, colchao nao é alto assim a ponto de ser uma queda brusca ne. Meu medo ainda é o bebe levantar e esbarrar no armario e comoda por exemplo, e aí sim se machucar.
    Como sou mae primeira viagem e esse ainda é um metodo novo, digamos assim, surgem N dúvidas ne…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s